« Voltar

Implantação do projeto novos radiofármacos para diagnóstico e teranóstico e produção de FDG da R2 em Xerém - Duque de Caxias - RJ

Fonte
R2 - Soluções em Radiofarmácia
TAG: R2 Soluções em Radiofarmácia; R2; Radiofarmácia, projeto, implantação; fdg, rio de janeiro, xerém, duque de caxias

IMPLANTAÇÃO DO PROJETO NOVOS RADIOFÁRMACOS PARA DIAGNÓSTICO E TERANÓSTICO E PRODUÇÃO DE FDG DA R2 EM XERÉM-DUQUE DE CAXIAS- RJ.


A R2 tem o prazer de informar que começou a implantação do seu Projeto Novos Radiofarmacos para Diagnóstico e Teranóstico e Produção de FDG no Rio de Janeiro.


O empreendimento, com investimento superior a R$25 milhões, financiados pela Finep- Empresa Brasileira de Inovação e Pesquisa e complementados com recursos da própria R2, está em início de construção em terreno no Distrito Industrial de Xerém, na Rua Capitão Guynemer, Qd18, lote 1A, Duque de Caxias- RJ, adquirido da CODIN- Companhia de Desenvolvimento Industrial do Estado do Rio de Janeiro.
Para acompanhar toda a obra, o início da operação do projeto e a condução da filial da R2, foi contratado o Eng. Químico Fabiano Nunes, que foi o gerente da planta de cíclotron e radiofarmacia do HCUSP/ICESP por diversos anos, e que já fixou residência na região do empreendimento. Ele será assessorado pelo Eng. Civil Igor Passos, especialista em construção de indústrias farmacêuticas, pelo Dr. Valdir Sciani, que foi o gerente dos aceleradores cíclotrons do IPEN/CNEN por mais de 35 anos, pelo Dr. Sergio Cabral, que implantou e operou o cíclotron do IEN-RJ e do CRCN-Recife, ambos institutos da CNEN, além de toda a equipe técnica da R2, em Porto Alegre, que produz o 18FDG desde 2010, e da equipe técnica da IBF, de São José do Rio Preto, empresa da qual a R2 é sócia e produz 18FDG desde julho de 2015.
Como pode ser visto, a R2 investiu forte para reunir uma equipe experiente e especializada e buscou parcerias com empresas como, a Construtora Engeprat, uma das mais atuantes da região, que será a responsável por todas as obras civis; e com a GE e a IQMS para o fornecimento do cíclotron e de todos os demais equipamentos para a radiofarmacia. Tudo isso para propiciar à Medicina Nuclear, aos nossos clientes e, em especial, aos pacientes que dependem de radiofarmacos para diagnóstico e teranóstico, a planta mais moderna para a produção do 18FDG. E, o que é muito importante, preparada para a produção de novos radiofarmacos que virão na sequência, muito provavelmente para o diagnóstico da doença de Alzheimer e câncer de próstata. Esses radiofármacos e outros a serem desenvolvidos mais adiante, há muito esperados pela medicina nuclear no País e que fazem parte do planejamento de médio prazo da R2, atestaram o caráter pioneiro dessa iniciativa e o reconhecimento como projeto inovador pela FINEP.
Encaminhamos algumas imagens da mobilização para o início da obra e a projeção de como ficará a planta depois de concluída. A expectativa é que a planta esteja pronta para o comissionamento junto à CNEN, o licenciamento junto à VISA-RJ/ANVISA, ao IBAMA e demais órgãos reguladores, a partir do início do segundo trimestre de 2019 e que a primeira produção do 18FDG aconteça no início do quarto trimestre de 2019.
Em breve os pacientes do Rio de Janeiro, que atualmente dependem do 18FDG produzidos em outros estados, em especial da própria R2 de Porto Alegre e, por isso, começam os seus exames a partir das 08:30h/9:30h, poderão iniciar suas rotinas de exames a partir das 06:30/07:00h, aumentando o conforto desses pacientes e, ao mesmo tempo, otimizando a capacidade de utilização dos equipamentos e das equipes médicas.
Por acreditar na importância que a Medicina Nuclear tem, e terá cada vez mais, no aumento da qualidade de vida de população brasileira, seja por meio de radiofármacos de diagnósticos, que indiquem tratamentos mais eficazes e otimizem as chances de cura, ou aqueles usados no terapia dessas doenças, é que a R2 decidiu por esse investimento tão importante.


R2- Soluções em Radiofarmacia Ltda


Enviar por e-mail

« Voltar

Arquivo

2014

2013

2017

2015

2016

2018

Copyright 2013. MMCONEX         Rua Jaboatão, 620 - CEP 02516-010 - São Paulo/SP    |   Tel.: +55 11 3855-4050 - [email protected]

BigFish Media
Linkedin Facebook Twitter